• Glaucius Nascimento

Perda Gestacional

Atualizado: Fev 18

Em primeiro lugar, meus sentimentos, sei que o momento é de dor, tristeza, mas acredito na sua recuperação e que vai dar certo. E que toda gestação traz um aprendizado. Em segundo lugar quero que tenha a certeza do diagnóstico da perda gestacioanal e em seguida com calma, quando achar que está preparada para o próximo passo, decida o que você prefere fazer. Em geral são três escolhas

  1. Esperar  expulsão do saco gestacional / embrião / feto e principalmente antes de 12 semanas em boa parte não necessitar da realização de curetagem uterina ou Aspiração Manual Intrauterina (AMIU) – A sugestão é esperar em torno de 15 dias, mas não existe um número exato de dias a esperar

  2. Resolver através de AMIU guiada por ultrassonografia programada comigo – entre em contato comigo caso seja minha paciente que explicarei a logística do procedimento, o que precisamos fazer.

  3. Resolver através de AMIU ou curetagem uterina pelo plantão ou com outro profissional – procure hospitais e profissionais de referência.

Vou colocar 3 vídeos (57, 58 e 141) que considero importantes nesta tomada de decisão. Por favor curta, comente se achar que ajudou e se inscreva no nosso canal.




Desejo-lhe muita força, luz e fé. E já estou torcendo pra que tudo dê certo hoje e sempre!!!

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Óbito Fetal Intrauterino

Em primeiro lugar se você é uma mãe ou um pai de um feto ou bebê, como você queira chamar que já partiu, meus sentimentos. Aqui você encontrará um artigo que pode ajudar a descobrir o motivo da perda

Dr. Glaucius Nascimento

Ginecologista e Obstetra

Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Este site tem caráter INFORMATIVO, ou seja, as informações prestadas NÃO objetivam substituir a avaliação MÉDICA (consulta ou acompanhamento) ou por profissional de Saúde capacitado e devem ser seguidas somente sob aprovação e orientação destes. A prestação destas informações em Saúde, portanto, não se caracteriza de forma alguma como atendimento médico. Dúvidas e perguntas sobre indicações, receitas e dosagens de medicamentos/tratamentos deverão ser feitas diretamente ao seu médico. Evite qualquer forma de automedicação, ou seja, sem prescrição e acompanhamento por profissional de saúde habilitado.