• Glaucius Nascimento

Ozonioterapia


Existem na literatura, utilizando os termos “ozone” e “therapy”, 2807 artigos com esta referência e 35 revisões sistemáticas, estas últimas consideradas “padrão-ouro” de excelência em evidência científica. . No Brasil, a Associação Brasileira de Ozonoterapia congrega médicos e outros profissionais de saúde no tratamento de diversas patologias com a utilização de tal recurso . Livros de Medicina Ortomolecular costumeiramente trazem referência sobre Ozonioterapia . Em vários países o uso do Ozônio é permitido na Medicina . No Brasil, o Conselho Federal de Medicina, não permite o tratamento medico com Ozônio. No mesmo país, é permitido o uso por Dentistas . ???Existem evidências científicas apenas uso em odontologia? Sim . ???Existem evidências científicas para uso em humanos? Sim . ???O Conselho Federal de Odontologia permite a ozonioterapia como forma de tratamento odontológico? Sim . ??????O Conselho Federal de Medicina permite a ozonioterapia como forma de tratamento medico? Não . ???Por que? Não sei!!! . ??Eu queria entender por que a boca é um órgão tão diferente do resto do corpo. Será que o Ozônio só funciona na boca? Claro que não!!!


Na prática odontológica, as novas estratégias terapêuticas para tratamento da infecção e inflamação levam em consideração não apenas o poder antimicrobiano das substâncias utilizadas, mas também a influência que esta exerce sobre a resposta imune do paciente e a Ozonioterapia é uma técnica que atende a estas condições . As áreas de atuação da Ozonioterapia na Odontologia são as seguintes: . ??Dentística: tratamento da cárie dental – ação antimicrobiana; ??Periodontia: prevenção e tratamento dos quadros inflamatórios/infecciosos; ??Endodontia: potencialização da fase de sanificação do sistema de canais radiculares; ??Cirurgia : auxílio no processo de reparação tecidual; ??Dor e disfunção de ATM: atividade anti-álgica e antiinflamatória; ??Necroses dos maxilares: Osteomielite, Osteoradionecrose e necroses induzidas por medicamentos . É requisito para a habilitação, a conclusão de curso de formação específico com comprovação de formação por meio de certificação expedido pela Instituição de Ensino Superior devidamente registrada no Ministério da Educação com conteúdo programático da habilitação em Ozonioterapia aplicada a odontologia . Parabenizamos ao Núcleo de Odontologia da ABOZ, representados pelos diretores Dr. Carlos Goes Nogales, Dr. Francisco Campos e aos membros que participaram ativamente deste processo Dr. Sergio Bruzadelli e Dr. Carlos Coachmann

. Texto de: http://www.aboz.org.br/noticias/conselho-federal-de-odontologia-reconhece-ozonioterapia-como-procedimento-odontologico/39/


Excelente artigo de 2015 comparou dois grupos (200 cada) de mulheres inférteis que se submeteram ao tratamento cirúrgico de recanalização tubária seguida por Ozonioterapia intrauterina x grupo controle sem Ozonioterapia. . A recanalização tubária ocorreu após 6 meses de tratamento cirúrgico em 93% do grupo Ozônio e em 79% nas pacientes não tratadas por Ozônio. Esta diferença foi estatisticamente significativa. . O ozônio pode estimular a produção de imunoglobulinas no sangue, tornando-se assim um agente potente para tratar a inflamação mediada por micróbio ginecológico. . A vantagem usar ozônio é que ele não tem efeitos adversos normalmente associados com outros agentes antimicrobianos e não existe resistência ao ozônio. . Além disso, o tratamento com ozônio não altera o pH do sistema reprodutivo feminino, preservando assim a flora vaginal benéfica (probióticos) . O ozônio tem sido usado no tratamento clínico de infecção ginecológica e tem demonstrado eficácia significativa na resolução da inflamação. . Injeção de concentrações elevadas de ozônio pode quebrar fisicamente aderências, eficazmente quebrar tecido inflamatório, inibe a inflamação e pode rapidamente promover a cicatrização de feridas resultantes, de separar as aderências. . No presente estudo, a taxa de readesão (reobstrução) de 5% observado no grupo de tratamento é significativamente mais baixo do que o obtido em outros estudos. . Em resumo, os resultados deste estudo são muito encorajadores e uma promessa para o tratamento de obstrução tubária distal em mulheres inférteis. . O grande número de pacientes envolvidos no estudo atual também faz com que as conclusões sejam mais robustas. . No entanto, os ensaios clínicos aleatórios com maior tempo de seguimento são necessários para perceber o verdadeiro potencial da intervenção tratamento com ozônio na cura de obstrução tubária.

#aboz #o3 #ozônio #ozonioterapia

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Óbito Fetal Intrauterino

Em primeiro lugar se você é uma mãe ou um pai de um feto ou bebê, como você queira chamar que já partiu, meus sentimentos. Aqui você encontrará um artigo que pode ajudar a descobrir o motivo da perda

Dr. Glaucius Nascimento

Ginecologista e Obstetra

Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Este site tem caráter INFORMATIVO, ou seja, as informações prestadas NÃO objetivam substituir a avaliação MÉDICA (consulta ou acompanhamento) ou por profissional de Saúde capacitado e devem ser seguidas somente sob aprovação e orientação destes. A prestação destas informações em Saúde, portanto, não se caracteriza de forma alguma como atendimento médico. Dúvidas e perguntas sobre indicações, receitas e dosagens de medicamentos/tratamentos deverão ser feitas diretamente ao seu médico. Evite qualquer forma de automedicação, ou seja, sem prescrição e acompanhamento por profissional de saúde habilitado.