• Glaucius Nascimento

Citomegalovirose na Gestação

Atualizado: Fev 17


cmv

.

Segue um resumo, “ipsis litteris” de um bom artigo de revisão sobre o tema . ??“A infecção pelo citomegalovírus representa a mais prevalente infecção correlacionada com deficiência neurológica congênita. Apesar da ocorrência da transmissão vertical em taxas consideravelmente elevadas, nem sempre o feto é atingido. O risco de danos ao concepto é maior quando a infecção materna se desenvolve no primeiro trimestre ou no início do segundo trimestre. O recente desenvolvimento de testes sorológicos que visam a detecção de IgM e IgG específico, além do teste de avidez pelo IgG, representam os métodos mais confiáveis de diagnóstico da infecção materna, enquanto a amniocentese (PCR no líquido amniótico), em conjunto com exames de imagem possuem um papel significativo na detecção da infecção fetal. Apesar dos promissores estudos envolvendo novas técnicas de tratamento, a prevenção da doença continua sendo fundamental, por meio dos bons hábitos de higiene pessoal.” . ??Do ponto de vista da “Obstetrícia Integrativa” possuir bons hábitos de vida através de uma alimentação funcional, praticar atividade física, gerenciar o estresse e o sono, melhorar o hábito e a flora intestinais, suplementar nutracêuticos e/ou fitoterápicos que aumentem a imunidade da gestante e seu feto . No caso em questão que estou acompanhando, estou relativamente tranquilo porque apesar da sorologia positiva para IgM, a gestante possui excelentes hábitos de vida e seus exames laboratoriais estão excelentes, além de nenhuma ultrassonografia detectar alguma alteração fetal. Agora é ter fé, melhorar ainda mais os cuidados pré-natais e se Deus quiser teremos um nascimento tranquilo, sem nenhuma intercorrência. Conto com a energia positiva de todos vocês!!!

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo